Aromaterapia

Aromaterapia under construction

É uma prática terapeutica na qual utilizam-se óleos essenciais como instrumento de cura. Os óleos essenciais são preciosas substâncias aromáticas, extraídas de uma grande variedade de plantas – estão incluídas entre essas plantas uma grande maioria das ervas, variadas espécies de árvores e algumas flores especiais, como a Rosa e o Jasmim.

Desde bebês associamos cheiros a determinadas memórias, estas informações são arquivadas no sistema límbico e afeta a produção e regulação de nossos hormônios e nosso humor.

Cada aroma (cheiro ) traz uma associação com uma emoção.

A ligação entre os terminais no nariz e o cérebro é direta e não pode ser manipulada.

Cada óleo essencial tem seu próprio efeito. O Óleo essencial de Lavanda é relaxante e ajuda a aliviar dores de cabeça, junto com o.e. de gerânio trata depressão. Mandarin/Tangerina ajudam a aliviar as estrias durante a gravidez. Cada aroma, portanto, aciona um mecanismo interno e funciona tanto no corpo físico como no emocional.

Aromaterapia

É uma prática terapêutica, na qual utilizam-se óleos essenciais como instrumento de cura. Os óleos essenciais são preciosas substâncias aromáticas, extraídas de uma grande variedade de plantas – estão incluídas entre essas plantas uma grande maioria das ervas, variadas espécies de árvores e algumas flores especiais, como a Rosa e o Jasmim.

Os óleos essenciais são extraídos de diferentes partes destas plantas, de suas raízes, flores, sementes, cascas e madeiras. A aromaterapia é considerada uma prática da Medicina Complementar – potencializa o tratamento de outras modalidades, e também pode ser
usada com tranqüilidade, se associada à Medicina Ortodoxa.

O uso de plantas aromáticas com propósitos terapêuticos e curadores, para promover a saúde, é tão antigo quanto a própria vida humana. Talvez nunca tenha existido um tempo em que o

ser humano não tenha usado materiais de plantas aromáticas, para a saúde e a cura. A aromaterapia tem se tornado muito popular em todo o mundo, nos últimos dez anos.

Até o inicio dos anos de 1970, o termo “Aromaterapia” era muito pouco conhecido, com exceção da França, onde foi certamente usado este termo pela primeira vez, pelo químico francês René Maurice Gattefossé, que associou substâncias aromáticas com a cura e, desde então, ela só vem

Aromaterapia

É uma prática terapêutica, na qual utilizam-se óleos essenciais como instrumento de cura. Os óleos essenciais são preciosas substâncias aromáticas, extraídas de uma grande variedade de plantas – estão incluídas entre essas plantas uma grande maioria das ervas, variadas espécies de árvores e algumas flores especiais, como a Rosa e o Jasmim.

Os óleos essenciais são extraídos de diferentes partes destas plantas, de suas raízes, flores, sementes, cascas e madeiras. A aromaterapia é considerada uma prática da Medicina Complementar – potencializa o tratamento de outras modalidades, e também pode ser
usada com tranqüilidade, se associada à Medicina Ortodoxa.

O uso de plantas aromáticas com propósitos terapêuticos e curadores, para promover a saúde, é tão antigo quanto a própria vida humana. Talvez nunca tenha existido um tempo em que o

ser humano não tenha usado materiais de plantas aromáticas, para a saúde e a cura. A aromaterapia tem se tornado muito popular em todo o mundo, nos últimos dez anos.

Até o inicio dos anos de 1970, o termo “Aromaterapia” era muito pouco conhecido, com exceção da França, onde foi certamente usado este termo pela primeira vez, pelo químico francês René Maurice Gattefossé, que associou substâncias aromáticas com a cura e, desde então, ela só vem se fortalecendo e ganhando cada vez mais respeito e adeptos ao redor do mundo

Segundo o método inglês, a aromaterapia – modalidade terapêutica que utiliza óleos essenciais como instrumentos de tratamento e cura, devem ser utilizados através da massagem, diluídos em cremes-base e ou óleos vegetais.

Também pode ser diluído em loções-base para o corpo,em xampus e ou sabonetes líquidos neutros, para a conquista do bem-estar e melhoria da qualidade de vida em geral.

A Aromaterapia tem se tornado cada vez mais popular por suas potentes habilidades no combate ao estresse da vida moderna, que tem sido considerado o grande vilão do século XXI.

O estresse, quando não controlado ou bem administrado, pode gerar inúmeras doenças conhecidas como doenças da vida moderna, tais como: gastrites, ulceras, síndrome do intestino irritado, colites, TPM, problemas de pele em geral, doenças cardíacas, perda da libido, dores de cabeça, enxaquecas, insônia, depressão e ansiedade, isto só para citar algumas das condições que podem estar sendo causadas diretamente por condições de vida estressante.

As melhorias são incontáveis, uma vez que os óleos essenciais contêm valiosas propriedades terapêuticas, devido aos seus complexos componentes químicos, que são inúmeros. Estes componentes químicos são os responsáveis pela ação terapêutica dos óleos essenciais usados na prática da Aromaterapia – são
calmantes, relaxantes, analgésicos, digestivos, antiespasmódicos, estimulantes e muito mais.

O uso da Aromaterapia através da massagem oferece bem-estar, qualidade de vida, resgate da vitalidade, da energia vital e da saúde num sentido geral, para o individuo.

Ela é considerada uma opção de ajuda valiosa no controle do estresse, promove o equilíbrio e a harmonia para todos os níveis – físico, mental e emocional.

Esta é uma questão muito importante, que deve ser avaliada com muito cuidado e atenção, pois os produtos básicos utilizados na Aromaterapia são os Óleos Essenciais e estes devem ser escolhidos com critério e conhecimento.

No Brasil existem muitos produtos que são chamados de ?óleos essenciais?, mas de fato são, em muitos casos, essências ou produtos de baixa qualidade. Um bom óleo essencial custa caro, pois
se trata de um produto terapêutico, que deve ser comprado de fornecedor confiável, para que se tenha a garantia de que os resultados terapêuticos serão obtidos.

Usam-se também os óleos vegetais e outros produtos para a diluição dos óleos essenciais – também devem ser adquiridos com critério, pois são produtos que serão utilizados no corpo humano. Não se deve negligenciar a qualidade, ela vem em primeiro lugar, para um bom tratamento e um resultado positivo.

Esta é uma modalidade terapêutica que utiliza matéria-prima diretamente da Natureza, que passa por um processo natural de extração, pelo qual seus componentes químicos são obtidos integralmente – nada se adiciona ou se retira.

A Natureza os produziu para o beneficio da espécie humana. Suas preciosas propriedades terapêuticas tem ressonância positiva com o corpo humano, não causando efeitos colaterais e nem tão pouco dependência.

O corpo não cria resistências, principalmente quando se utilizam óleos essenciais de propriedades e efeitos antibióticos.

Pode ser combinado com muitas outras modalidades terapêuticas ? potencializa o poder de ação de outros medicamentos no corpo, quando usado em conjunto com outros métodos. Tudo o que a Aromaterapia oferece é apoio, bem-estar, equilíbrio, harmonia e saúde.

USO DOS ÓLEOS ESSENCIAIS

Propriedades e usos dos óleos essenciais nas diferentes situações da vida moderna. Podemos receber os benefícios das propriedades curadoras dos óleos essenciais em doenças do corpo físico, assim como em situações ou problemas emocionais e mentais.

É importante lembrar que o uso dos óleos essenciais é extremamente eficaz e age no corpo físico, por conter componentes químicos naturais; para tanto, use em seu corpo óleos essenciais de procedência conhecida e de qualidade; o bem-estar é alcançado também através da conscientização de que é necessário uma mudança no estilo de vida – para isso, assuma viver de acordo com o que há de mais natural no universo.

Cuida-se é Amar-se O seu corpo, seus cabelos e sua pele agradecem; sua alma responde bem, mostrando as coisas belas que a vida oferece proporcionando as oportunidades para a sua
assimilação. Liberte-se do estresse e participe da vida com prazer e satisfação; permita que os óleos essenciais entrem em sua vida e passem a fazer parte dela como amigos cooperadores, apoiadores e estimulantes.

Para saber mais ou aprofundar-se nos estudos da aromaterapia, entre em contato conosco, informe-se sobre os cursos que são ministrados pela empresa.

Aqui estão sugestões de uso diário para podermos nos beneficiar dos óleos, como curadores, elementos de amparo ou fortalecimento, de maneira prática, segura e eficiente.

Alguns exemplos :

  • Stress.
  • Valorização da auto-estima e autoconfiança.
  • Fadiga, cansaço e exaustão.
  • Limpeza e purificação do corpo, mente e ambiente.
  • Paz, relaxamento e calma para o corpo, a mente e o espírito.
  • Abertura da mente e do coração.
  • Despertar da alegria que vem do coração.
  • Proteção.
  • Suporte para as fases de mudanças e transição de vida